Exército sírio reconquistou cidade histórica de Palmira

Moscou, 2 Mar 2017 (AFP) - O exército sírio, com apoio da aviação russa, reconquistou a cidade de Palmira, famosa por suas ruínas monumentais, anunciou o Kremlin, citado pelas agências de notícias russas.

O ministro russo da Defesa, Serguei Shoigu, informou ao presidente Vladimir Putin que as forças sírias expulsaram os radicais do Estado Islâmico (EI) de Palmira, indicou Dmitri Peskov.

"O EI se retirou completamente de Palmira", indicou, por sua parte, à AFP o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os extremistas assumiram o controle de Palmira - inscrita no Patrimônio Mundial da Humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) - em maio de 2015 e destruíram os templos mais importantes, além realizar execuções em massa no antigo anfiteatro.

Foram expulsos da cidade em março de 2016, mas reconquistaram esse território em dezembro.

O EI saqueou e destruiu importantes edifícios da cidade antiga. A Unesco denunciou como "crime de guerra" as destruições do Tetrápilo, um monumento de 16 colunas construído no final do século III, e do interior do teatro romano, do século II.

mjg-mp/kat/pjl.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos