Prêmio Nobel da Paz 2017 tem mais de 300 candidatos

Oslo, 2 Mar 2017 (AFP) - Ao todo, 318 indivíduos e instituições foram indicados ao Prêmio Nobel da Paz 2017 - informou o Instituto Nobel, nesta quinta-feira (02).

Os nomes dos indicados são mantidos em segredo por 50 anos, mas os chamados "padrinhos" - entre eles parlamentares, ministros, ex-premiados e acadêmicos - são livres para revelar o nome de seu indicado.

Entre os candidatos, estariam os Capacetes Brancos sírios, o blogueiro saudita encarcerado Raif Badawi e Edward Snowden, o analista que revelou o esquema do programa americano de segurança eletrônica da Agência de Segurança Nacional americana (NSA, na sigla em inglês).

A lista inclui até o presidente Donald Trump, indicado por um cidadão americano que preferiu não se identificar e que deseja que o republicano seja reconhecido por "suas metas de paz por meio de uma forte ideologia".

Altamente crítica das primeiras ações presidenciais de Trump, a União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, na sigla em inglês) também está na lista.

O papa Francisco foi indicado por um deputado norueguês por ser "um dos poucos a desafiar Donald Trump", assim como o presidente russo, Vladimir Putin.

A única informação certa que o instituto Nobel oferece é que, entre os candidatos, há 215 indivíduos e 103 organizações. Trata-se do segundo maior número de indicações na história do prêmio, perdendo apenas para 2016, quando 376 pessoas concorreram.

O comitê Nobel anunciará o ganhador em 6 de outubro. No ano passado, o vencedor foi o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, por seus esforços para trazer a paz a seu país após meio século de conflito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos