Porta-voz do candidato da direita francesa à presidência pede demissão

Paris, 3 Mar 2017 (AFP) - Thierry Solère, o porta-voz do candidato da direita na eleição presidencial francesa François Fillon, anunciou nesta sexta-feira que deixou o cargo, ampliando assim a lista de aliados que retiraram o apoio ao líder conservador nos últimos dias.

"Organizador das primárias, decidi encerrar minha função de porta-voz de François Fillon", escreveu no Twitter.

O candidato r anunciou na quarta-feira seu provável indiciamento no caso dos empregos fantasmas de suas esposa, Penelope.

Poucos minutos antes, a equipe de Alain Juppé, derrotado por Fillon nas primárias do partido Os Republicanos, afirmou que oe ex-primeiro-ministro, 71 anos, não pretende fugir de sua responsabilidade se oa atual candidato da direita abandonar a corrida presidencial.

Juppé "não vai fugir caso se cumpram estas condições: que François Fillon se retire por iniciativa própria e que sua família da direita e do centro, Os Republicanos, se reúna de forma unânime atrás dele", afirmou uma fonte da equipe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos