EUA enviam tropas extras para cidade síria de Manbij

Washington, 6 Mar 2017 (AFP) - Os Estados Unidos enviaram mais soldados para Manbij, uma cidade-chave do norte da Síria, com o objetivo de prevenir os combates entre as forças presentes na área, anunciou o Pentágono nesta segunda-feira (6).

"Enviamos tropas adicionais em uma missão destinada a tranquilizar e dissuadir", anunciou o porta-voz do Pentágono, Jeff Davis.

As forças americanas estão na Síria desde outubro de 2015 para auxiliar os combatentes que lutam contra o grupo Estado Islâmico, especialmente a aliança árabe-curda das Forças Democráticas Sírias (FDS).

Entretanto, até agora, os americanos permaneciam discretos, sem fazer muita publicidade de seus movimentos.

O comando militar dos Estados Unidos no Oriente Médio escolheu, desta vez, mostrar sua presença para evitar que a situação piore nos arredores de Manbij, uma cidade liberta do EI pelas FDS, com o apoio americano.

Os militares foram enviados como "um símbolo visível de que o inimigo foi deslocado de Manbij e que não há necessidade de que outras forças avancem para proteger a cidade", explicou Davis.

"Queremos dissuadir as partes de atacar qualquer outro inimigo que não seja o Estado Islâmico", destacou.

O porta-voz não esclareceu a quantidade de militares que foram enviados, mas insistiu que era um "símbolo visível".

lby-wat/bdx/tm/ja/cb

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos