Homem confessa assassinato da família por herança na França

Nantes, França, 6 Mar 2017 (AFP) - O mistério do desaparecimento de uma família francesa, que há vários dias mantém o país em suspense, foi esclarecido nesta segunda-feira após a confissão do cunhado de ter assassinado os pais e os dois filhos por questões de herança.

Pascal e Brigitte Troadec, ambos de 49 anos, e seus filhos Sébastien (21 anos) e Charlotte (18), residentes em Nantes (oeste da França), desapareceram no dia 16 de fevereiro.

Não foram ao trabalho e seus telefones celulares permaneceram silenciosos desde então.

A polícia descobriu rastros de sangue em sua casa pertencentes a vários membros da família.

Detido junto à irmã de Pascal Troadec, seu marido confessou o homicídio, confirmou à AFP o procurador da República de Nantes, Pierre Sennès.

Segundo uma fonte próxima ao caso, por enquanto os investigadores consideram que o cunhado é o único autor do crime, que manteve a França em suspense.

As condições nas quais os assassinatos foram cometidos foram aparente e especialmente "sórdidas", informou esta fonte, que não quis fornecer detalhes sobre o modo operacional, nem sobre o local onde os corpos se encontram.

A família Troadec não deu mais sinais de vida desde a madrugada de 17 de fevereiro. Foi a irmã da esposa, hoje detida, que alertou a polícia uma semana mais tarde, inquieta por não ter notícias dela.

pta-grd-asl/hdu/thm/es/pc/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos