Reino Unido desbaratou 13 atentados em menos de quatro anos

Londres, 6 Mar 2017 (AFP) - Os serviços de segurança britânicos desbarataram 13 planos para cometer atentados em menos de quatro anos, um terço deles com a ajuda da população, afirmou nesta segunda-feira o comandante da unidade de polícia antiterrorista.

"Desde 2013 desbaratamos 13 complôs terroristas", declarou à rádio BBC o subcomissário Mark Rowley.

O policial fez um apelo à colaboração dos cidadãos e revelou que "em um terço dos atentados frustrados pela polícia, a população contribuiu com alguma informação".

Rowley considerou que o nível "severo" de ameaça de atentado na escala das autoridades - o segundo maior, que significa que é "altamente provável" - "permanecerá assim durante algum tempo".

Além da ameaça representada pelo grupo Estado Islâmico, disse Rowley, é necessário acrescentar que "a Al-Qaeda ainda é muito importante, e no Reino Unido também temos que nos preocupar com grupos de extrema-direita".

Em outubro, Rowley citou 12 atentados desbaratados, o que significa que mais uma tentativa foi frustrada desde então.

A Sociedade Henry Jackson, um instituto liberal britânico de análise e debate, publicou nesta segunda-feira um relatório que calcula em 264 as condenações por "terrorismo de inspiração islâmica" desde 1998

Em 7 de julho de 2005, Londres foi cenário de atentados contra vários trens do metrô e um ônibus, que deixaram 56 mortos, incluindo os quatro terroristas.

Foi o pior ataque em território britânico desde a explosão de um avião civil da companhia americana Pan Am quando sobrevoava a localidade escocesa de Lockerbie, no qual morreram 270 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos