Conselho de Segurança condena disparo de mísseis norte-coreanos

Nações Unidas, Estados Unidos, 8 Mar 2017 (AFP) - O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou energicamente nesta terça-feira os recentes disparos de mísseis balísticos por parte da Coreia do Norte, e manifestou sua preocupação diante do "comportamento crescentemente desestabilizador" de Pyongyang.

A enérgica condenação está incluída no projeto de declaração apresentado pelos Estados Unidos, que foi aprovado por unanimidade pelo Conselho, apesar da tensão entre Washington e Pequim em torno da instalação do sistema de defesa antimísseis americano THAAD na Coreia do Sul.

Na segunda-feira, a Coreia do Norte disparou cinco mísseis balísticos em direção ao Japão com o objetivo de testar sua capacidade de atingir as bases americanas no território japonês, segundo Pyongyang.

O Conselho de Segurança qualificou os disparos de "grave violação" das resoluções da ONU e prometeu "adotar outras medidas significativas" para punir Pyongyang.

As resoluções da ONU proíbem a Coreia do Norte de utilizar qualquer tipo de míssil balístico.

As atividades da Coreia do Norte "aumentam as tensões na região e mais além, assim como o risco de uma corrida armamentista regional", afirma o Conselho em sua declaração.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos