Guarda Civil espanhola encontra 'depósito de explosivos do ETA'

Madri, 8 Mar 2017 (AFP) - A Guarda Civil espanhola encontrou perto de Irun, no País Basco, um depósito "com sete tambores contendo material explosivo" da organização separatista basca ETA, anunciou nesta quarta-feira em um comunicado.

"A área, perto da fronteira francesa, foi isolada", indica o comunicado, embora as investigações iniciais sugiram uma "atividade recente" no local.

O comunicado, que não informa a data da descoberta, afirma que "os investigadores estão considerando a possibilidade de que este esconderijo tenha sido usado pelo ETA para fornecer material a um comando localizado na área de Irun".

A Guarda Civil acrescenta que "a operação segue em andamento e não exclui a existência de outros depósitos nos arredores".

A localização do esconderijo foi o resultado de uma investigação sobre "ações terroristas não esclarecidas e da revisão de casos ocorridos anos atrás", afirma a Guarda Civil.

A operação ocorre após outra realizada em dezembro próximo a Bayonne, no País Basco francês, onde armas do ETA foram apreendidas. Nesta operação, cinco cidadãos franceses foram detidos e, em seguida, acusados de transporte e posse de armas.

O grupo armado renunciou à violência em 20 de outubro de 2011, depois de quatro décadas de luta armada pela independência do País Basco. A organização, no entanto, se recusa a entregar as armas, apesar das exigências dos governos espanhol e francês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos