Líder do EI está vivo e fugiu de Mossul

Washington, 9 Mar 2017 (AFP) - O líder do Estado Islâmico (EI), Abu Bakr al Bagdadi, "está vivo" e "fugiu de Mossul" antes da chegada das tropas iraquianas, confirmou nesta quarta-feira o governo americano, que prevê um deslocamento do grupo jihadista para o vale do Eufrates.

Um responsável do departamento de Defesa revelou à imprensa - sob anonimato - que o líder do EI "provavelmente não exerce qualquer influência tática sobre a batalha" contra as forças iraquianas em Mossul.

"Provavelmente deu orientações estratégicas" a seus comandantes militares, mas os encarregou de liderar a batalha.

O Comando de Operações Especiais dos Estados Unidos (SOCOM) e os serviços de Inteligência americanos seguem o rastro de Al Bagdadi, como fizeram com o líder da Al-Qaeda Osama bin Laden.

Segundo um oficial americano, o EI planeja se retirar para o vale do Eufrates, situado entre Iraque e Síria, quando for expulso de seus bastiões de Mossul e Raqa.

"Não acredito que renunciaram" a manter territórios e seguir formando seu "califado", explicou o oficial. "Têm planos para seguir operando como um pseudo-Estado centrado no vale do Eufrates" quando perderem o controle de Mossul, no Iraque, e de Raqa, na Síria.

O EI está muito debilitado, após mais de dois anos e meio da campanha internacional contra o grupo, e a vitória das forças iraquianas em Mossul é quase certa, segundo especialistas americanos.

Raqa, capital de fato do "califado", está isolada dos demais territórios nas mãos dos jihadistas e fontes dos serviços de inteligência dos EUA afirmam que os dirigentes do EI já estão abandonando a cidade em direção ao vale do Eufrates.

"Provavelmente" estão reestruturando sua organização em distintos núcleos para seguir ativos diante do avanço da coalizão, declarou o oficial, estimando que o grupo já perdeu "65% do território" que controlava em 2014.

O Pentágono avalia que o EI tem 15 mil homens em suas fileiras, incluindo "2.500 a oeste de Mossul e na cidade vizinha de Tal Far", "mil" na cidade iraquiana de Hawija e "entre 3.000 e 4.000" em Raqa.

wat-lby/bdx/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos