Argentina: maior cooperativa láctea fecha fábrica por crise leiteira

Buenos Aires, 9 Mar 2017 (AFP) - A SanCor, a maior cooperativa láctea do país que vende leite em pó para a Venezuela e produtos a outros 30 países, anunciou nesta quinta-feira o fechamento transitório de várias de suas 15 fábricas em meio a uma grave crise.

A queda do consumo interno, a falta de matéria-prima por fatores climáticos adversos e o peso de uma dívida milionária golpearam a cooperativa que tem mais de 70 anos de existência e emprega 4.700 pessoas.

"A remissão de leite a nossas fábricas diminuíram consideravelmente nos últimos dias, o que fez a Cooperativa decidir pela suspensão de atividades em algumas de suas instalações industriais", disse a empresa em comunicado.

Uma reunião nesta quinta entre diretores da SanCor, representante dos sindicatos e do governo federal busca uma solução para a empresa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos