May: Reino Unido deixará de pagará grandes somas à UE após Brexit

Bruxelas, 10 Mar 2017 (AFP) - A primeira-ministra britânica, Theresa May, anunciou nesta quinta-feira a seus homólogos europeus que o Reino Unido deixará de pagar "grandes somas" de dinheiro ao orçamento da União Europeia (UE) após a saída de seu país do bloco.

"Quando os eleitores votaram em 23 de junho para que abandonássemos a UE, votaram para não pagar mais tarde grandes somas de dinheiro à UE a cada ano", disse May em sua última cúpula europeia em Bruxelas, antes do prazo do fim do mês fixado para notificar oficialmente o Brexit.

"E, obviamente, quando abandonarmos a UE, isso ocorrerá", insistiu a chefe de governo, que está concluindo o trâmite no Parlamento britânico da lei do Brexit para notificar oficialmente a decisão, abrindo caminho às negociações com os 27.

Este trâmite parlamentar deve terminar na terça ou quarta-feira, e May poderá ativar oficialmente o Artigo 50 do Tratado Europeu na próxima semana. "É hora de colocarmos a mão na massa, de deixar a UE e de construir o Reino Unido autônomo e independente que o povo britânico pediu".

Bruxelas poderia reclamar aos britânicos uma "fatura" de 60 bilhões de euros por sair da UE, segundo várias fontes europeias. Este montante corresponde aos compromissos já assumidos por Londres em termos de contribuição ao orçamento da UE.

ar-tjc/an/cb/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos