Ciclone Enawo deixa 38 mortos em Madagascar

Antananarivo, 10 Mar 2017 (AFP) - A passagem do ciclone tropical Enawo pela ilha de Madagascar deixou 38 mortos, 180 feridos e mais de 53 mil desabrigados, segundo o último boletim das autoridades, publicado nesta sexta-feira.

O ciclone afetou mais de 116 mil pessoas na ilha, incluindo 32 mil na capital, Antananarivo, informou o bureau de gestão de catástrofes (BNGRC).

O boletim precedente apontava 4 mortos e cerca de 10 mil desabrigados.

Formado no Oceano Índico, o ciclone varreu na terça-feira a costa nordeste de Madagascar, na região de Antalaha, com ventos de até 290 km/h e chuvas torrenciais.

Depois de passar pela capital, o ciclone perdeu força e passou à categoria de depressão tropical, segundo o serviço meteorológico local.

De acordo com a Cruz Vermelha, Enawo foi o mais violento ciclone a atingir Madagascar desde Giovanna, em 2012, que seguido da tempestade tropical Irina deixou 112 mortos na ilha.

str-pa/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos