EUA e Japão realizam manobras navais no mar da China

Tóquio, 10 Mar 2017 (AFP) - Estados Unidos e Japão realizaram nesta semana manobras navais no mar da China oriental, em um contexto de aumento de tensões na região depois dos lançamentos de mísseis efetuados na segunda-feira pela Coreia do Norte.

Estas manobras militares, que contaram com a participação de destróieres japoneses e de um grupo aeronaval americano, foram realizadas durante quatro dias, de terça a esta sexta-feira, anunciaram as forças militares dos Estados Unidos em um comunicado.

A operação ocorre alguns dias depois do lançamento de mísseis realizado pela Coreia do Norte, três dos quais caíram nas águas da zona econômica exclusiva do Japão, que se estende a 200 milhas náuticas (370 km) de sua costa.

"Este exercício é similar às diversas operações que realizamos regularmente com as forças de autodefesa japonesas (nome das Forças Armadas japonesas) no Pacífico oeste e que estão destinadas a melhorar o trabalho de equipe, as competências operacionais e nossa preparação", segundo o comunicado.

Mas, para o jornal Sankei, é uma advertência para Pyongyang, além da exibição da presença militar conjunta dos Estados Unidos e do Japão no mar da China oriental, onde Pequim e Tóquio disputam a soberania de um arquipélago conhecido pelo nome de Senkaku em japonês e Diaoyu em chinês.

si-uh-anb/cr/bc/es/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos