Para Trudeau, tarifas alfandegárias prejudicarão Canadá e EUA

Ottawa, 10 Mar 2017 (AFP) - O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse sexta-feira que uma tarifa alfandegária proposta pelo governo dos EUA seria "ruim" para Canadá e para os Estados Unidos.

"Sem dúvida, uma tarifa alfandegária seria ruim, não só para o Canadá, mas também para os Estados Unidos", afirmou o primeiro-ministro em entrevista coletiva em Houston, Texas, onde participou de uma palestra com executivos do petróleo.

A tarifa proposta pelo Congresso dos EUA faz parte do novo plano de iniciativas fiscais e comerciais que prevê taxar às importações dos Estados Unidos.

O presidente Donald Trump disse preferir tarifas direcionadas a países acusadas de comércio desleal, como China e México.

"Acho que temos um longo caminho até a adoção (da tarifa) e como eu disse, ainda não sabemos exatamente qual forma tomará ou como afetará o Canadá", declarou Trudeau, que ressaltou a integração econômica dos dois países.

"Acho que qualquer coisa que crie barreiras extras ao fluxo de bens prejudicará os negócios e os nossos trabalhadores e limitará nossa capacidade de continuar sendo extraordinariamente competitivos como América do Norte no cenário internacional".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos