Incêndio na Guatelamala: morrem mais duas meninas, com 38 mortes no total

Cidade da Guatemala, 11 Mar 2017 (AFP) - O número de adolescentes mortas pelo incêndio em um albergue para menores registrado há três dias na Guatemala subiu para 38 com a morte de outras jovens, que não resistiram aos ferimentos graves, informaram fontes médicas neste sábado.

As meninas morreram na unidade de tratamento intensivo do hospital estatal Roosevelt, um dos dois centros públicos para onde as sobreviventes foram levadas, segundo a assessoria de imprensa da instituição.

Com o novo balanço, há agora 15 meninas internadas, nove delas em condições críticas, sob o risco de morte.

Dezenove jovens morreram no local do acidente, enquanto onze faleceram no hospital San Juan de Dios e outras oito no Roosevelt. Todas elas tinham entre 14 e 17 anos.

O incêndio, cujas causas estão sendo investigadas, ocorreu na ala feminina do Lar Seguro Virgem de Assunção, em San José Pinuala, a 10 km da capital.

O local abriga, por ordem judicial, menores de 18 anos vítimas de violência doméstica, de algum delito ou que foram resgatadas das ruas, entre outros motivos. O centro tem capacidade para 400 menores, mas abriga 800.

As vítimas começaram a ser enterradas na sexta-feira, embora o Instituto Médico Legal não tenha entregue todos os corpos, já que vários precisam ser identificado com testes de DNA por causa das queimaduras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos