Partido de Leopoldo López anuncia apoio necessário para revalidar-se

Caracas, 12 Mar 2017 (AFP) - O Voluntad Popular, organização do líder opositor preso Leopoldo López, informou neste domingo ter cumprido as cotas de apoio exigidas no processo de renovação de partidos políticos iniciado na semana passada na Venezuela, criticado pelo chavismo e pela oposição.

"Os estados mais chavistas do país superaram a meta", disse à imprensa o parlamentar Freddy Guevara -um dos principais dirigentes do Voluntad Popular- ao oferecer um balanço da coleta de assinaturas entre sábado e domingo.

Un total de 59 movimentos políticos devem-se registrar novamente no poder eleitoral por não ter participado nas duas últimas eleições e conseguir 1% dos votos emitidos. O partido fundado por López candidatou-se nas últimas eleições parlamentares, em 2015, com os símbolos da coalizão opositora Mesa da Unidad Democrática (MUD).

Os partidos devem recolher assinaturas equivalentes a 0,5% do padrão eleitoral em 12 estados, em um lapso de dois dias por grupo.

Este é segundo dos dez finais de semana previstos para o processo, cujos resultados serão anunciados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) quando for concluído.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos