Ministro turco fala de 'reavaliar' acordo UE-Turquia sobre migrantes

Istambul, 13 Mar 2017 (AFP) - A Turquia deveria reavalizar o acordo com a União Europeia sobre migrantes clandestinos, afirmou o ministro turco para Assuntos Europeus nesta segunda-feira, segundo a agência Anadolu.

"A Turquía deveria reavaliar a questão do trânsito terrestre", que figura no acordo sobre migrantes de 18 de março de 2016, declarou Omer Celik, segundo a imprensa estatal.

As declarações de Celik acontecem em plena crise diplomática com a Holanda, depois que Haia negou o acesso em seu território de dois ministros turcos que participariam em comícios para defender o referendo de 16 de abril, co, qie Ancara quer reforçar os poderes do presidente Recep Tayyip Erdogan.

Vários países europeus se solidarizaram com a Holanda.

O pacto migratório fechado no ano passado permitiu frear a chegada de migrantes clandestinos à Europa através das ilhas gregas do mar Egeu.

Uma das cláusulas do acordo estipula que a Turquia "tomará todas as medidas necessárias para evitar que novas rotas de migração irregular, marítimas ou terrestres, se abram a partir de seu território com direção à UE".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos