Projeto republicano de reforma da saúde deixaria 14 milhões de americanos sem seguro (relatório)

Washington, 13 Mar 2017 (AFP) - O projeto republicano de reforma do sistema de saúde americano levaria a uma queda de 14 milhões de assegurados em 2018 em relação a lei atual, segundo um relatório publicado nesta segunda-feira o gabinete de análise do orçamento do Congresso (CBO).

Até 2026, 24 milhões de americanos serão excluídos da cobertura, em relação ao dispositivo "Obamacare", aponta o relatório.

Mas o texto, atualmente em discussão no Congresso, reduziria em 337 bilhões de dólares o déficit federal americano na próxima década, em razão da queda das subvenções públicas à saúde, concluem os especialistas do CBO.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos