Boko Haram divulga vídeo de execução nos moldes do EI

Kano, Nigéria, 14 Mar 2017 (AFP) - O grupo islamita Boko Haram publicou na segunda-feira à noite na internet um vídeo de uma execução no nordeste da Nigéria repetindo o modelo de propaganda do grupo Estado Islâmico (EI).

Este é o primeiro vídeo do tipo já publicado pelo grupo nigeriano Boko Haram, cuja insurgência e sua repressão armada fizeram cerca de 20.000 mortos e 2,6 milhões de deslocados desde 2009. O vídeo carrega o logotipo da facção do líder do Boko Haram, Abubakar Shekau.

Nas imagens, três homens vestidos com macacões laranja - característicos dos vídeos de execuções do EI - são acusados de espionagem a favor de Nigéria. Com as mãos amarradas atrás das costas, os homens são levados em fila por uma estrada, conduzidos por extremistas mascarados e vestidos de preto, até um campo aberto onde pelo menos um deles é decapitado com uma espada.

"São espiões que Allah revelou", afirma um homem antes do assassinato

Nenhuma indicação permite saber onde ou quando aconteceu esta execução. O vídeo foi postado em um canal no YouTube utilizado pela facção de Abubakar Shekau.

A influência que o grupo Estado Islâmico exerce sobre o Boko Haram é alvo de debates desde que Abubakar Shekau jurou lealdade a esta organização, em março de 2015.

Mas em outubro, o EI designou Abu Mosab Al-Barnaui, filho do fundador do Boko Haram, para substituir Shekau e dirigir "o Estado Islâmico no oeste africano". Abubakar Shekau rejeitou esta mudança, afirmando que permaneceria à frente do grupo.

abu-cl/lp/jhd/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos