Oposição canadense pede anulação de acordo sobre refugiados com EUA

Ottawa, 14 Mar 2017 (AFP) - A oposição canadense pediu ao governo, nesta terça-feira, a anulação de um acordo com os Estados Unidos sobre os solicitantes de asilo, para proteger os imigrantes em situação ilegal que arriscam suas vidas para buscar refúgio no Canadá.

"O governo liberal deve suspender imediatamente o acordo sobre terceiros países seguros para que os refugiados vindos dos Estados Unidos possam apresentar uma solicitação de forma legal para entrar no Canadá com total segurança", indicou o Novo Partido Democrático, de esquerda.

Esse acordo, assinado em 2004, estabelece que um refugiado deve apresentar sua solicitação de asilo no primeiro país em que chegar, seja Canadá ou Estados Unidos.

Entretanto, desde a eleição de Donald Trump, centenas de migrantes que entraram com visto nos Estados Unidos fugiram para o Canadá através das florestas para apresentar uma solicitação de asilo. Em virtude do acordo, não podem fazer isto indo ilegalmente para o Canadá.

"Os Estados Unidos já não são um país seguro para os refugiados, que continuam arriscando suas vidas para vir para o Canadá", lamentou o Novo Partido Democrático, dando como exemplo o caso de um marfinense que morreu de frio no trajeto.

Deputados conservadores já transferiram esta mesma petição para o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos