Bombardeios aéreos matam ao menos 14 crianças na cidade síria de Idleb (OSDH)

Beirute, 15 Mar 2017 (AFP) - Ao menos 21 civis, incluindo 14 crianças, morreram na madrugada desta quarta-feira em ataques aéreos contra a cidade de Idleb, controlada por rebeldes e extremistas islâmicos, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O correspondente da AFP no local viu dois prédios, que abrigavam deslocadas da província de Aleppo (norte), totalmente destruídos.

O OSDH relatou ataques "provavelmente russos". A organização afirmou que as vítimas eram um homem e 13 membros de sua família, bem como a família de seu irmão.

Segundo a ONG, "trata-se de deslocados da região de Al-Bab", antigo reduto do grupo extremista Estado Islâmico (EI), tomado no final de fevereiro pelas forças turcas e seus aliados rebeldes.

Estes ataques ocorrem no sexto aniversário do conflito na Síria, que já deixou mais de 320.000 mortos.

ram-ohk/ram/jri/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos