Presidente da Comissão Europeia chocado por comparações turcas de nazismo

Estrasburgo, França, 15 Mar 2017 (AFP) - O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse nesta quarta-feira estar chocado com as declarações da Turquia comparando alguns países europeus como Holanda e Alemanha com o regime nazista de Adolf Hitler.

"Fiquei chocado com o que a Turquia disse sobre Holanda, Alemanha e outros. Nunca aceitarei esta comparação entre os nazistas e os governos" atuais, declarou Juncker ante o Parlamento Europeu em Estrasburgo (nordeste da França).

As declarações do chefe do Executivo comunitário chegam quando a Holanda celebra eleições legislativas, que medem a ascensão do populismo na Europa após um fim de campanha agitado pela crise diplomática na Turquia.

No início de março, a Alemanha provocou a irritação de Ancara quando vários municípios proibiram ministros turcos de participar de comícios sobre o referendo de 16 de abril, que busca reforçar os poderes do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

A crise acabou se estendendo à Holanda, onde as autoridades impediram que dois ministros turcos fizessem campanha em seu solo. E, mais uma vez, Erdogan, lançou acusações de nazismo e denunciou a atitude da União Europeia em relação à Turquia.

Os nazistas ocuparam Luxemburgo, lembrou Juncker, ex-primeiro-ministro luxemburguês entre 1995 e 2013, para quem estas comparações são "totalmente inaceitáveis". "Quem faz isso se distancia da Europa", acrescentou em referência às negociações de adesão da Turquia ao bloco.

bur-tjc/ra/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos