Sobe para 113 número de mortos em deslizamento de lixo na Etiópia

Adis Abeba, 15 Mar 2017 (AFP) - Ao menos 113 pessoas morreram na catástrofe provocada no sábado por um deslizamento no maior lixão da Etiópia, segundo um novo balanço divulgado nesta quarta-feira pelas autoridades.

"O número total de mortos agora é de 113", indicou à AFP Dagmawit Moges, porta-voz da administração municipal de Adis Abeba.

O balanço anterior era de 72 mortos, entre eles várias crianças.

Testemunhas e sobreviventes explicaram à AFP que uma parte da principal montanha de resíduos do lixão de Koshe, situado ao sudoeste da capital etíope, cedeu subitamente no sábado à noite, soterrando uma favela que tinha sido construída no local.

De acordo com moradores, o deslizamento ocorreu por causa das obras de aplanamento do cume do monte de resíduos, para o início da construção de uma central de biogás.

Eles afirmam que as obras acentuaram a pressão na colina, provocando o desabamento.

A maioria das vítimas eram pessoas que no momento do ocorrido buscavam no lixo por objetos para vender, explicou Moges no domingo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos