Jihadistas cometem ato de imolação em Bangladesh

Chittagong, Bangladesh, 16 Mar 2017 (AFP) - Dois jihadistas se imolaram nesta quinta-feira em Bangladesh quando estavam cercados pela polícia em seu esconderijo perto da cidade portuária de Chittagong (sul do país).

Uma operação da unidade de polícia antiterrorista teve início na quarta-feira à noite em um edifício de dois andares na cidade de Sitakundu, perto de Chittagong. Ao menos dois islamitas, entrincheirados, abriram fogo e lançaram granadas contra os agentes.

"A morte de duas pessoas, incluindo uma mulher", está confirmada", declarou Sanar Hossain, chefe de polícia.

"Desceram as escadas e aconteceu uma grande explosão. Pedaços de corpos foram projetados a 25, 30 metros", completou.

Os falecidos pertencem a uma nova facção do grupo jihadista local Jamayetul Mujahideen Bangladesh (JMB), que as autoridades acusam de ter organizado uma série de ataques fatais nos últimos meses, incluindo o atentado contra uma cafeteria de Dacca que deixou 22 mortos, informou A.K.M. Shahidul Hoque, chefe da Polícia Nacional.

"Provavelmente, três insurgentes morreram, incluindo uma mulher. Dois policiais ficaram feridos na operação", anunciou em um comunicado.

Bangladesh lançou uma ampla operação contra os grupos jihadistas, responsáveis por muitos ataques nos últimos meses contra ateus, minorias religiosas e estrangeiros.

str-sj-sa/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos