Presidente turco: decisão judicial sobre o véu islâmico é "cruzada" contra o Islã

Istambul, 16 Mar 2017 (AFP) - O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou nesta quinta-feira o Tribunal de Justiça da União Europeia de lançar "uma cruzada" contra o Islã por decidir que uma empresa tem o direito de proibir o uso do véu islâmico no local de trabalho.

"Onde está a liberdade religiosa? Quem tomou esta decisão? A Corte de Justiça Europeia. Queridos irmãos, lançaram uma cruzada contra a Meia Lua", afirmou Erdogan, referindo-se ao símbolo do Islã, durante um discurso.

fo-ezz/lsb/erl/pc/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos