Presidentes da UE ratificam sua intenção de uma Europa 'mais forte'

Bruxelas, 18 Mar 2017 (AFP) - Os presidentes de 27 países europeus preparam uma declaração para reiterar que a União Europeia deve ser "mais forte e resistente", segundo o rascunho do texto da cúpula prevista para o próximo sábado, e ao qual a AFP teve acesso.

"Estamos determinados a converter a UE em mais forte e resistente, mediante uma maior unidade e solidariedade entre nós", afirma o projeto de uma página e meia ainda em trâmite entre os diferentes governos.

O documento, em um desafio aberto aos movimentos antieuropeus que florescem no continente e ao Brexit, deve ser publicado durante a cúpula de Roma, por ocasião do 60º aniversário do início do processo de construção europeia.

O projeto retoma o argumento de que a unidade dos países europeus aumenta as chances de o continente ser ouvido no mundo. "Estar unidos é a melhor forma de defender nossos interesses comuns e nossos valores".

A declaração também evoca a possibilidade de uma Europa na qual grupos de países decidam níveis de integração diferentes, tática conhecida como uma Europa "a várias velocidades" e que goza do apoio de Alemanha e França, mas à qual se opõem os países do Leste, com a Polônia na liderança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos