Explosão deixa ao menos cinco mortos em Mogadíscio

Mogadíscio, 21 Mar 2017 (AFP) - Ao menos cinco pessoas morreram e 10 ficaram feridas nesta terça-feira na explosão de um micro-ônibus no centro de Mogadíscio, anunciou à imprensa um porta-voz oficial.

Esta explosão ocorreu no mesmo dia em que o primeiro-ministro, Hassan Ali Khaire, anunciou a composição do governo.

"O veículo estava parado em um posto de controle quando explodiu. Ao menos cinco pessoas morreram, entre elas membros das forças de segurança, e dez (ficaram) feridas", declarou Abdifatah Omar Halan.

Vários policiais, perguntados pela AFP, consideraram que se tratava de um ataque com carro-bomba, que os insurgentes islamitas radicais shebab multiplicaram nos últimos meses em Mogadíscio.

"A explosão foi enorme. Estava no telhado da minha casa quando vi fumaça e poeira por todo o bairro", descreveu um habitante do centro da cidade, Abdukadir Yusuf.

A explosão ocorreu em um cruzamento situado a 500 metros da presidência.

Os shebab juraram a derrota do governo central, apoiado pela comunidade internacional e pelos 22.000 homens da Missão da União Africana na Somália (Amisom).

Sofrendo a pressão das forças da Amisom mobilizadas em 2007, os shebab, afiliados à Al-Qaeda, foram expulsos de Mogadíscio em agosto de 2011. Depois, perderam seus principais redutos, mas ainda controlam grandes zonas rurais, de onde dirigem operações de guerrilha e atentados suicidas.

nur-fal/cyb/jpc/jz/bc/es/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos