Nova ofensiva de extremistas e rebeldes sírios no leste de Damasco

Beirute, 21 Mar 2017 (AFP) - Jihadistas e rebeldes sírios iniciaram nesta terça-feira uma nova ofensiva na zona leste de Damasco, dois dias depois de um primeiro ataque repelido pelas tropas do governo, anunciou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Aconteceu uma grande explosão ao amanhecer, provavelmente provocada por um carro-bomba dos rebeldes contra uma posição do regime entre os bairros de Jobar e Qabun", disse à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

"Após a explosão foram registrados bombardeios e combates violentos", completou.

A aviação síria respondeu e bombardeou as posições rebeldes, que lançavam foguetes contra os bairros de Abássidas e Tijara, vizinhos a Jobar e próximos ao centro de Damasco.

Os foguetes deixaram 12 feridos, de acordo com a agência estatal síria SANA.

Um correspondente da AFP ouviu uma forte explosão às 5H30 (0H00 de Brasília) e a partir deste momento os bombardeios não deram trégua.

No domingo, jihadistas e rebeldes executaram um primeiro ataque a partir de Jobar contra a Praça dos Abássidas, o ponto mais próximo ao centro da cidade em dois anos.

As tropas do governo sírio reagiram com intensos bombardeios.

Os confrontos acontecem dois dias antes do início de uma nova rodada de negociações sobre a Síria em Genebra, com mediação da ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos