Atentado de Londres: uma mulher morta e vários feridos graves (imprensa)

Londres, 22 Mar 2017 (AFP) - Uma mulher morreu e várias pessoas tiveram ferimentos "catastróficos" quando um homem atropelou pedestres ante o Parlamento britânico, antes de esfaquear um policial, indicou a agência britânica PA citando um médico.

Trata-se de um médico do Hospital de Saint Thomas, muito próximo ao Parlamento de Westminster, e que recebeu as vítimas deste atentado classificado de "terrorista" pela polícia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos