Um policial esfaqueado e um agressor baleado pela polícia (oficial)

Londres, 22 Mar 2017 (AFP) - Um policial foi esfaqueado e um suposto agressor baleado pela polícia nesta quarta-feira à tarde em frente ao Parlamento de Westminster, em Londres, onde a área foi isolada, anunciou o chefe da Câmara dos Comuns, David Lidington.

Um porta-voz da Câmara dos Comuns indicou à AFP que os deputados foram confinados dentro do Parlamento devido a um "incidente de segurança".

A Scotland Yard anunciou ter sido chamada por volta das 14h40 (11h40 de Brasília) por um "incidente na Westminster Bridge relacionado com armas de fogo".

Um helicóptero de salvamento pousou pouco depois no local do incidente.

Segundo a imprensa britânica, duas pessoas estavam deitadas no chão em frente ao Parlamento, no coração de Londres.

"Eu claramente ouvi tiros. Vi alguém vestido de preto cair. Acho que era um policial", declarou um funcionário do Parlamento à AFP.

A pessoa, que se recusou a dar a sua identidade, disse que viu a cena de seu escritório.

Além disso, pelo menos duas ambulâncias estavam estacionadas perto da ponte de Westminster, próxima do Parlamento, constatou um jornalista da AFP.

A polícia afastou as pessoas na ponte, afirmando que o lugar "não era seguro".

Um porta-voz de Downing Street confirmou que a primeira-ministra Theresa May estava em segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos