Quatro mortos e dezenas de feridos em explosões em Bangladesh

Dacca, 25 Mar 2017 (AFP) - Pelo menos quatro pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas neste sábado durante uma operação policial para capturar islamitas na cidade de Sylhet (nordeste de Bangladesh), informaram a polícia e fontes médicas.

Duas explosões foram registradas a 400 metros do refúgio onde os agentes de segurança acompanhavam as operações.

"Pelo menos quatro pessoas, incluindo um policial, morreram", disse à AFP um porta-voz da polícia de Sylhet, Zedan Al-Musa.

Entre os 42 feridos há efetivos do exército, da polícia e agentes de elite, informou à AFP Atiql Islam, médico do Medical College Hospital de Sylhet.

O ataque foi reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) através de sua agência de propaganda Amaq.

Segundo o porta-voz, a polícia suspeita de uma facção do movimento extremista Jamayetul Mujahideen Bangladesh (JMB).

As explosões aconteceram durante uma operação dos comandos especiais contra supostos extremistas islamitas entrincheirados em edifício de cinco andares, que já durava mais de 24 horas.

A operação começou na manhã de sexta-feira e os comandos foram apoiados por veículos blindados. A polícia isolou o local depois que pequenas bombas preparadas por islâmicos explodiram.

Um porta-voz das forças armadas, o coronel Rashidul Hassan, havia informado anteriormente que 78 pessoas tinham ficado presas no edifício por mais de um dia e que foram resgatadas pelos comandos.

sj-sa/mtp/jz/age/aoc/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos