Austrália registra dois mortos e evacua cidades inundadas após ciclone Debbie

Beenleigh, Austrália, 31 Mar 2017 (AFP) - O corpo de uma segunda mulher foi encontrado e milhares de pessoas foram evacuadas de cidades de dois estados australianos na sexta-feira, após as chuvas torrenciais causadas por um poderoso ciclone tropical.

O ciclone Debbie, de categoria quatro (1 a 5), atingiu o nordeste da Austrália na terça-feira, entre Bowen e Airlie Beach, no estado de Queensland, causando danos generalizados.

Debbie foi rebaixada a depressão tropical, mas continuou causando danos e despejando enormes quantidades de chuva pela costa leste, no estado de Novo Gales do Sul (NSW), no sul de Queensland e em Sydney.

A polícia de NSW disse que o corpo de uma mulher que "desapareceu durante a noite em uma inundação de uma propriedade rural" perto de Murwillumbah foi encontrado nesta sexta-feira.

Outro corpo, de uma mulher de 64 anos cujo veículo foi arrastado pela água na noite de quinta-feira em uma propriedade em Gungal, cerca de 300 quilômetros ao norte de Sydney, também foi recuperado nesta sexta-feira.

Lismore, em NSW, foi duramente atingida, e o Serviço de Emergência do Estado (SES) alertou sobre inundações de três metros de altura na cidade.

No início de sexta-feira, o vice-comissário do SES, Mark Morrow, disse que temia pelos moradores desaparecidos de Lismore.

"À medida que começamos a tentar encontrar pessoas que fizeram ligações durante a noite, pode haver algumas notícias muito angustiantes, (...) de pessoas que morreram naquela enchente", disse à Australian Broadcasting Corporation.

Outras cidades sujeitas a ordens de evacuação incluem Tweed Heads, Kingscliff e Murwillumbah.

Mais ao norte de Queensland, a cidade turística de Gold Coast e outras regiões próximas também ficaram inundadas, registrando até 78,9 centímetros de chuvas na quinta-feira, segundo o Departamento de Meteorologia.

O diretor regional do departamento meteorológico, Bruce Gunn, disse que no sudeste de Queensland, onde Gold Coast está localizada, houve precipitação generalizada de 10-30 cm nos últimos dois dias.

"Ainda há um forte risco em torno de Gold Coast", disse ao Courier Mail de Brisbane.

As autoridades se concentram em restabelecer os serviços essenciais, como água e eletricidade, nas áreas atingidas pelo Debbie, incluindo Bowen, Mackay e ilhas Whitsunday, onde cerca de 50.000 ainda estão sem energia.

As forças armadas mobilizaram 1.300 soldados para avaliar a extensão dos danos e ajudar na limpeza, com helicópteros e aviões fornecendo comida, água e combustível.

A primeira-ministra de Queensland, Annastacia Palaszczuk, disse que cerca de 270 propriedades estão gravemente danificadas.

O Conselho de Seguros da Austrália declarou as regiões de Queensland e do norte de NSW zonas de catástrofe, acrescentando que os custos dos danos poderiam chegar a um bilhão de dólares australianos (US$ 770 milhões).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos