Avalanche deixa 16 mortos no sul da Colômbia

Bogotá

Dezesseis pessoas morreram e 65 ficaram feridas em uma avalanche na cidade de Mocoa, sul da Colômbia, após a cheia de um rio causada pelas fortes chuvas dos últimos dias, anunciaram neste sábado fontes oficiais.

"Dezessete bairros foram afetados, há 65 feridos e, inicialmente, falamos em 16 mortos", informou à AFP Carlos Iván Márquez, diretor da estatal Unidade Nacional para a Gestão do Risco de Desastres (UNGRD).

Márquez explicou que a avalanche, ocorrida na noite de ontem, foi causada pela cheia do rio Mocoa e três afluentes. Ele não descartou a possibilidade de aumento do número de vítimas.

Devido à dimensão da tragédia, o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, informou que irá viajar até Mocoa, capital do departamento de Putumayo, para supervisionar os trabalhos de resgate e assistência.

A governadora de Putumayo, Sorrel Aroca, assinalou que se trata de uma tragédia sem precedentes. "Há centenas de famílias que ainda não encontramos, bairros desaparecidos", disse à W Radio.

Autoridades ativaram uma sala de crises com a presença de autoridades locais, e mais de 100 pessoas, entre soldados, policiais e membros de órgãos de socorro, trabalham nas buscas por desaparecidos e na remoção dos destroços", disse Márquez.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos