Presidente uruguaio pede que Maduro se retrate de acusação de seu chanceler

Montevidéu, 3 Abr 2017 (AFP) - O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, pediu nesta segunda-feira ao seu colega venezuelano, Nicolás Maduro, que apresente provas da acusação contra seu chanceler de coordenar com os Estados Unidos "agressões contra a Venezuela" ou "se retrate publicamente".

O presidente uruguaio "solicita" ao presidente venezuelano "que forneça as provas da infundada denúncia" ou, "caso contrário, se retrate publicamente", afirmou a presidência em um comunicado.

O comunicado reflete um endurecimento do tom de Montevidéu com Caracas, que até agora vinha apoiando o país para que permaneça nos organismos regionais de integração.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos