Treze pessoas acusadas por espancamento de migrante curdo em Londes

Londres, 4 Abr 2017 (AFP) - Mais seis pessoas foram acusadas nesta terça-feira pelo brutal espancamento de um solicitante de asilo curdo-iraniano de 17 anos em uma rua de Londres, anunciou a polícia, elevando assim o número de envolvidos no crime para 13.

Os fatos ocorreram na noite de sábado no bairro de Croydon, sul de Londres, e foram classificados como crimes racistas. Além disso, as 13 pessoas ainda são acusadas de desordens públicas e de infringir graves danos físicos.

Os acusados têm entre 15 e 24 anos.

Segundo um comunicado da polícia, os acusados interpelaram a vítima, que espera pelo ônibus com dois amigos, e, quando souberam que era um migrante solicitante de asilo, começaram a agredi-la violentamente.

As pancadas na cabeça da vítima causaram uma fratura cranioencefálica e um coágulo no cérebro.

O rapaz se encontra em estado grave, mas sua vida não corre perigo. Seus amigos conseguiram escapar e sofreram apenas ferimentos leves.

Em 2016, foram registrados 62.518 delitos racistas na Inglaterra e em Gales, aproximadamente 10.000 a mais que no ano anterior, segundo estatísticas policiais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos