Premiê grego pede convocação da cúpula da zona do euro caso Eurogrupo fracasse

Atenas, 5 Abr 2017 (AFP) - O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, pediu nesta quarta-feira ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que convoque uma cúpula de países da zona do euro, caso o ministros das Finanças não cheguem a um acordo nesta sexta-feira.

"Se não houver fumaça branca na sexta-feira, eu pedi ao senhor Tusk que tome as iniciativas para convocar uma cúpula de países-membros da zona do euro", disse Tsipras depois de reunir-se com o presidente da entidade em Atenas.

As negociações entre o governo grego e os representantes dos credores sobre as reformas já implementadas e as que ainda devem ser implementadas se arrastam há meses, o que impede o país de receber novas parcelas dos empréstimos internacionais já acordados.

Tusk expressou seu otimismo. "Estamos muito perto. Não há dúvidas de que haverá um avanço positivo na sexta-feira", indicou Tusk, sem responder se uma reunião será realmente necessária.

O principal ponto de discórdia entre as duas partes é o pedido dos credores de manter um elevado excedente orçamentário primário (fora do pagamento da dívida) ao fim do programa atual, isso é, a partir de 2020.

Essa meta obrigaria Atenas a continuar reduzindo o gasto público, principalmente através da redução de aposentadorias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos