Protesto na Venezuela deixa 21 feridos

San Cristóbal, Venezuela, 5 Abr 2017 (AFP) - Confrontos entre estudantes universitários e policiais na cidade venezuelana de San Cristóbal, na fronteira com a Colômbia, deixaram nesta quarta-feira ao menos 21 feridos, informou uma fonte acadêmica.

"Na brigada de primeiros socorros da UNET (Universidade Experimental de Táchira) foram atendidos 21 feridos por tiros de escopeta, gás e outros motivos", disse à imprensa José Andrés Molina, diretor do centro educacional.

Os choques começaram quando alunos da UNET bloquearam várias ruas de acesso à universidade, para rejeitar as sentenças do Tribunal Supremo de Justiça contra o Parlamento, e foram interpelados pela polícia de choque.

Os manifestantes reagiram com paus, pedras e fogos de artifício, enquanto a polícia utilizava gás lacrimogêneo e tiros de escopeta à distância.

Devido aos distúrbios, as aulas foram suspensas na UNET.

San Cristóbal foi o foco da onda de protestos contra o presidente Nicolás Maduro em 2014, que deixou 43 mortos.

str-axm/avs/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos