Líder local da Al-Qaeda morre em ataque de drone no sul do Iêmen

Aden, Iêmen, 6 Abr 2017 (AFP) - Um líder local da Al-Qaeda faleceu no sul do Iêmen em um bombardeio de drone atribuído aos Estados Unidos, que intensificou os ataques aéreos contra os jihadistas neste país em guerra, anunciaram fontes das forças de segurança iemenitas.

Ahmed Ali Saana morreu quando sua moto foi atingida por um ataque na quarta-feira à noite.

No momento do bombardeio, Saana estava na localidade de Jabar al-Muraqasha, na província de Abian, que foi cenário de vários ataques das forças americanas contra posições do grupo Al-Qaeda na Península Arábica (AQPA) desde que Donald Trump assumiu a presidência em janeiro.

O Pentágono confirmou mais de 70 bombardeios aéreos no Iêmen desde 28 de fevereiro.

Washington está preocupado com o aumento da influência da AQPA, favorecida pela instabilidade provocada pela guerra no Iêmen, e teme que o grupo tente executar ataques em território americano.

No mês passado, o jornal New York Times informou que o governo Trump autorizou o Pentágono a dirigir bombardeios ou operações no Iêmen sem a necessidade de pedir a autorização da Casa Branca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos