Acordo de princípio entre a Grécia e os credores sobre reformas

Valetta, 7 Abr 2017 (AFP) - A Grécia e seus credores chegaram a um "acordo de princípio" sobre as reformas que Atenas ainda precisa fazer, durante uma reunião nesta sexta-feira dos 19 ministros da zona do euro em La Valeta.

"A boa notícia é que hoje resolvemos os grandes problemas que tínhamos sobre as reformas que devem ser realizadas", celebrou o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, durante uma entrevista coletiva.

"Quero saudar o acordo de princípio sobre a Grécia, que acontece após vários meses de negociações difíceis", disse o comissário europeu de Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici.

"Chegou o momento de acabar com a incerteza sobre a economia grega", completou o comissário.

O governo grego concordou sobre as medidas econômicas que deverá implementar em 2019 e 2020 para atender as demandas dos credores, o que deve possibilitar a liberação de uma nova parcela de crédito.

Atenas precisa do dinheiro porque em julho terá que devolver créditos que superam 7 bilhões de euros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos