Jovem morre baleado durante protesto na Venezuela

Caracas, 7 Abr 2017 (AFP) - Um jovem de 19 anos morreu após ser baleado no peito durante um protesto na noite desta quinta-feira no subúrbio de Caracas, informou a polícia.

Jairo Ortiz faleceu "devido a um ferimento de bala na altura do tórax", quando efetivos militares chegaram para remover um bloqueio de rua por parte de manifestantes no subúrbio de Montaña Alta, disse à AFP Miguel Mederico, diretor de Imprensa e Relações Institucionais da polícia do estado de Miranda.

O incidente ocorreu ao final de um dia marcado por violentos protestos em Caracas contra o governo de Nicolás Maduro, que deixaram dezenas de feridos e detidos.

Henrique Capriles, ex-candidato presidencial e governador de Miranda, responsabilizou o ministro do Interior e Justiça, Néstor Reverol, pela morte de Ortiz.

"Reverol (...) obriga os comandantes da Guarda (Nacional) a reprimir sem importar as vidas", denunciou Capriles no Twitter.

O vice-presidente do Parlamento, Freddy Guevara, disse que da Assembleia Nacional "exigiremos que os responsáveis por este assassinato assumam as consequências".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos