Turquia diz que bombardeio americano é 'insuficiente' e pede mais medidas

Ancara, 7 Abr 2017 (AFP) - O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, comemorou nesta sexta-feira o ataque americano contra uma base síria, mas afirmou que a ação não é suficiente e pediu mais medidas.

"Quero dizer que celebro este passo concreto como algo positivo", disse Erdogan, que mantém a linha de opositor ao regime sírio.

"Isto é suficiente? Eu não acredito que é suficiente (...) Chegou o momento de adotar ações que tenham resultados para proteger o oprimido povo sírio", completou o presidente em um discurso na cidade de Antakya, próxima da fronteira com a Síria.

O presidente americano, Donald Trump, ordenou o lançamento de mísseis contra uma base militar na Síria em resposta a um suposto ataque químico, que deixou 86 mortos na terça-feira em uma cidade do noroeste do país, atribuído ao regime de Bashar al-Assad, que nega a acusação.

O porta-voz do presidente Recep Tayyip Erdogan, Ibrahim Kalin, já havia chamado o bombardeio americano de "resposta positiva aos crimes de guerra do regime de Assad".

raz-lsb/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos