Aliados do regime sírio ameaçam com represálias

Damasco, 9 Abr 2017 (AFP) - Os aliados do regime sírio ameaçaram neste domingo com represálias contra quem agredir Damasco no futuro, depois que na sexta-feira passada os Estados Unidos atacaram uma base aérea no centro do país.

"A agressão contra a Síria ultrapassa todas as linhas vermelhas. A partir de agora vamos reagir com força a qualquer agressão contra a Síria e a qualquer violação das linhas vermelhas, sem importar de onde venha", advertiu em um comunicado a câmara que coordena a operação conjunta na Síria de Rússia, Irã e forças aliadas, como o Hezbollah libanês.

"Os Estados Unidos conhecem perfeitamente nossa capacidade de reação", acrescentou o comunicado publicado pelo site Al Watan, jornal próximo ao poder.

O regime de Damasco é acusado pela comunidade internacional de um suposto ataque com armas químicas na terça-feira que deixou ao menos 87 mortos, entre eles dezenas de crianças, na localidade rebelde de Khan Sheikhun.

Em resposta, os Estados Unidos lançaram na sexta-feira um ataque com mísseis Tomahawk contra a base aérea a partir da qual decolaram os aviões que lançaram as supostas armas químicas sobre Khan Sheikhun, segundo Washington. Trata-se da primeira intervenção direta americana contra o regime sírio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos