Guia supremo iraniano considera ataque dos EUA na Síria um 'erro estratégico'

Teerã, 9 Abr 2017 (AFP) - Os Estados Unidos cometeram um "erro estratégico" atacando a Síria, declarou o Guia supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, em alusão ao bombardeio americano contra uma base militar do regime de Damasco, informou neste domingo a agência oficial Irna.

Na guerra que atinge a Síria, o Irã apoia o regime do presidente Bashar al-Assad e já condenou em várias ocasiões o bombardeio americano realizado na sexta-feira depois de um suposto ataque químico que deixou dezenas de mortos em uma localidade rebelde.

"Os Estados Unidos cometeram um erro estratégico", declarou o aiatolá Ali Khamenei ao receber os responsáveis militares do país. "A República Islâmica do Irã não abandonará o local (...) diante das ameaças", declarou.

Khamenei se referia às afirmações segundo as quais os Estados Unidos quiseram, com este ataque contra a Síria, mostrar que podiam atacar outros países, incluindo o Irã.

"Os antigos responsáveis americanos criaram o Daesh e os dirigentes atuais o fortalecem", acrescentou Khamenei, utilizando o acrônimo em árabe do grupo extremista Estado Islâmico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos