Polícia indonésia mata seis supostos militantes islamitas

Jacarta, 9 Abr 2017 (AFP) - A polícia da Indonésia abateu seis supostos militantes ligados ao grupo Estado Islâmico (EI) em um tiroteio na ilha de Java neste fim de semana, informou neste domingo um porta-voz da polícia.

No sábado, sete homens dirigiram até uma delegacia de polícia e dispararam contra os oficiais. Ninguém ficou ferido, mas teve início uma perseguição policial. Os suspeitos abandonaram, então, seu veículo e entraram em uma zona de cultivos em Tuban, no leste de Java.

"Quando a polícia local entrou na zona, foram ouvidos tiros. Ocorreu um tiroteio e seis dos sete homens morreram", explicou um porta-voz da polícia, acrescentando que o sétimo foi detido.

A polícia afirma que os criminosos formavam parte da rede Jamaah Ansharut Daulah (JAD), ligada ao EI, que foi responsabilizada por uma série de ataques recentes na Indonésia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos