China oferece recompensas de até 68.000 euros a quem denunciar espiões

Pequim, 10 Abr 2017 (AFP) - A polícia de Pequim anunciou nesta segunda-feira um sistema de recompensa para os cidadãos que denunciem atividades de espionagem, oferecendo até meio milhão de iuanes (aproximadamente 68.000 euros) como recompensa.

Os informantes, convidados a agir por telefone, correio ou pessoalmente, podem receber 500.000 iuanes caso sua denúncia seja útil. A quantia é tentadora, considerando o salário médio em Pequim (85.0000 iuanes anuais).

"Os cidadãos têm um papel importante nas investigações por espionagem", disse a polícia de Pequim em um anúncio publicado em sua página na internet.

Segundo a polícia, os delatores podem pedir anonimato ou obter proteção policial para eles e para seus familiares. Os autores de informações falsas serão punidos, alertou a mesma fonte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos