Dois militares russos morrem na Síria

Moscou, 11 Abr 2017 (AFP) - Dois soldados que trabalhavam no treinamento do exército sírio morreram em um ataque de forças rebeldes na Síria, anunciou nesta terça-feira o ministério russo da Defesa.

"Soldados russos que estavam em uma unidade do exército sírio como instrutores de tiro foram atingidos em um ataque com morteiro procedente de um grupo de rebeldes. Dois soldados russos morreram. Os médicos tentam salvar a vida de um soldado russo ferido", indica um comunicado.

A nota não revela onde e quando os soldados morreram, mas o jornal RBK, que entrevistou parentes de um deles, informa que os dois faleceram no dia 9 de abril.

No total, 29 militares russos faleceram na Síria desde o início da intervenção de Moscou neste país em setembro de 2015, a pedido do presidente sírio Bashar Al-Assad.

Além disso, um soldado cometeu suicídio no início das operações militares, segundo o ministério da Defesa.

tbm/kat/lch/erl-jvb.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos