Parlamento egípcio aprova estado de emergência decretado por Sisi após atentados contra igrejas

Cairo, 11 Abr 2017 (AFP) - O Parlamento egípcio aprovou nesta terça-feira o estado de emergência em todo o país decretado pelo presidente Abdel Fatah Al Sisi depois dos violentos atentados de domingo contra duas igrejas cristãs coptas, anunciou a televisão estatal.

Segundo a Nile News, os deputados votaram por unanimidade a medida, que foi publicada no diário oficial de segunda-feira e se tornou efetiva no mesmo dia.

"Pelo que vi, não houve objeção", afirmou à AFP um dos deputados, Ahmed al Tantawi.

Outro legislador, Mohamed el Etmany, afirmou, por sua parte, que "não houve quase rejeição".

mon-mam/emp/vl/es/age/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos