Oposição turca afirma que contestará resultado de referendo

Istambul, 16 Abr 2017 (AFP) - Os dois principais partidos de oposição ao presidente turco Recep Tayyip Erdogan denunciaram nesta domingo "manipulações" no referendo constitucional sobre o reforço dos poderes do chefe de Estado, cujos resultados parciais apontam uma vitória do sim.

Bülent Tezcan, vice-secretário-geral do primeiro partido de oposição, o CHP (social-democrata), denunciou em entrevista à CNN-Turk uma "violação" após a decisão do Alto Conselho Eleitoral (YSK) de considerar válidos os votos sem o selo oficial.

E o segundo partido de oposição, o HDP, anunciou no Twitter que vai contestar "dois terços" dos votos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos