Sobe para 28 o número de mortos em desabamento de montanha de lixo no Sri Lanka

Colombo, 17 Abr 2017 (AFP) - O balanço de vítimas do desabamento de uma montanha de lixo no Sri Lanka subiu a 28 mortos nesta segunda-feira, anunciaram as autoridades.

Sem muitas esperanças, centenas de soldados trabalhavam entre o lixo e 145 casas destruídas por esta catástrofe ocorrida na sexta-feira em Kolonnawa, nordeste de Colombo.

Sete pessoas continuam desaparecidas, de acordo com a polícia.

"Continuamos as buscas, mas não temos esperança de encontrar alguém vivo nestas condições", afirmou o porta-voz do exército, Roshan Seneviratne.

As autoridades levaram 1.700 pessoas para escolas próximas de modo temporário, à espera de uma solução de transferência permanente.

O governo aumentou o número de soldados na área do acidente pelo temor saques. Dezoito pessoas foram detidas sob suspeita de roubar os bens das vítimas.

No momento em que o país celebrava o tradicional Ano Novo cingalês tâmil, uma montanha de lixo de 91 metros de altura, desestabilizada pelas fortes chuvas e por um incêndio, desabou na sexta-feira e sepultou as casas.

Os moradores da área denunciaram várias vezes os problemas provocados por este lixão ao ar livre, onde se acumulam 23 milhões de toneladas de lixo e que todos os dias recebe mais 800 toneladas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos