Maioria da militância da esquerda radical francesa não votará em Macron

Paris, 2 Mai 2017 (AFP) - Dois terços dos militantes da França Insubmissa, a plataforma liderada pelo radical de esquerda Jean-Luc Mélenchon, optarão pelo voto em branco ou a abstenção no segundo turno nas eleições presidenciais de domingo, segundo pesquisa via internet.

Entre os 243.000 votantes, 36% escolheram o voto em branco ou nulo e 29% a abstenção, enquanto 35% votarão no centrista Emmanuel Macron.

Mélenchon, que obteve 19,6% dos votos no primeiro turno, em 23 de abril, preferiu não dar seu apoio a qualquer candidato, deixando para as bases da formação política tomarem uma posição comum a partir de um voto na internet.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos